PALAVRA SEMESTRAL.

A Palavra Semestral é enviada semestralmente pelo Grão-Mestre às Lojas de sua jurisdição que estiverem em dia com suas obrigações.

Ao recebe-la o Venerável Mestre depois de decifrá-la (pois geralmente vem codificada), forma a Cadeia de União, para transmiti-la de forma ritualizada, em que não podem participar IIrm visitantes de outras Lojas ou de outras Obediências. Transmitida, o documento que enviou a Palavra Semestral deve ser incinerado.

Seu conhecimento serve como prova de regularidade dos IIrm∴ que a receberam. Ao Irm∴ que visitar uma Loja jurisdicionada à sua Potência, pode lhe ser exigida a Palavra Semestral e se ele não a souber, poderá ser impedido de participar dos trabalhos.

Embora no Brasil todas as Potências façam uso da Palavra Semestral (cada Potência tem a sua), nem todas as Obediências estrangeiras utilizam esse instrumento, criado pelo Grande Oriente de França em 28/10/1773, dia da instalação, como Grão-Mestre, de Louis Philippe Joseph d’Orleans, Duque de Chartres (ilustrado com suas insígnias de Grão-Mestre).

A finalidade era a de tornar mais efetivo o controle das Lojas, para que fosse possível reconhecer os membros que não eram constantes nos trabalhos de sua Loja, os Maçons que não pertenciam a um Rito reconhecido e aqueles que não estavam filia

Copiado de: Rede Colmeia
Correção e destaques de tsmaia MM.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *